Onde Você Estava em 11 de Setembro de 2001?

Se alguém te perguntar onde você estava a mais de cinco anos, em um dia qualquer, pode ser que você não se lembre; porém, com certeza você se lembrará se alguém perguntar onde você estava no dia 11 de setembro de 2001. Não preciso dar detalhes da razão de escrever esse post, tendo em vista o acontecimento que mudou o mundo há exatos 10 anos.

Você se lembra onde estava em 11 de setembro de 2001?

Eu me lembro bem desse dia, na época ainda era estagiário na empresa onde trabalho atualmente e nesse dia eu não tive aula pela manhã. Como meu estágio era somente no período da tarde e não havia aula, resolvi dormir até um pouco mais tarde – na época acordava às 5 horas da manhã para chegar à universidade.

Logo que acordei, antes mesmo de tomar café da manhã, resolvi ligar a televisão e ver o que estava passando quando, para minha surpresa, vi uma reportagem com um prédio em chamas nos EUA – era uma das torres das Torres Gêmeas, sendo que somente o primeiro avião havia se chocado.

Sem entender o que estava acontecendo, continuei a ver a reportagem – acho que demorei a entender porque havia acabado de acordar (risos). Quando percebi, meio que não acreditei, pois sem dúvida é uma atitude que nem dá para classificar jogar um avião contra um prédio.

Minutos depois veio o segundo avião! O que parecia inacreditável ficou mais difícil ainda de se acreditar – dois aviões se chocaram contra as Torres Gêmeas! Se já era difícil deixar de acompanhar os acontecimentos quando somente um avião havia se chocado, depois do segundo avião ficou mais difícil ainda – fiquei a manhã toda acompanhando, e de certo modo tentando entender a razão de alguém fazer algo tão bárbaro como o que aconteceu.

Quando cheguei ao estágio à tarde, a primeira coisa que me perguntaram foi: “O que aconteceu?” – todos já sabiam do ocorrido através dos sites da internet. Porém, apesar disso, todos queriam saber mais detalhes, como aconteceu, o que a televisão estava informando, etc. Passei cada informação que sabia, para tentar reduzir a curiosidade de todos. Foi difícil trabalhar naquele dia, tanto pelas discussões que estavam se desenrolando, quanto pelo acompanhamento das notícias.

Apesar de parecer somente mais um dia para um estagiário, foi um dia que se tornou um “divisor de águas”, pois muitos conceitos – principalmente com relação à segurança em aeroportos – foram revistos, e até mesmo conceitos que tínhamos anteriormente. E, de alguma forma, até hoje vivemos as conseqüências desse trágico dia.

A partir daí todos sabem o desenrolar da história, que parece que não tem fim, pois a cada aniversário os EUA (e o mundo também) ficam apreensivos, de algum modo esperando uma nova ofensiva de terroristas.

E você, onde estava no dia 11 de setembro de 2001? O que estava fazendo quando ocorreu o ataque às Torres Gêmeas? Como ficou sabendo da notícia?

Fonte da imagem: http://www.cdcc.usp.br/ciencia/artigos/art_06/wtc.html

9 Comments

  • Sissym disse:

    Iuri, eu me lembro sim de onde estava, do que estava fazendo, do que fiz.

    Pode acreditar que fui eu que avisei à uma grande amiga que mora em Pittsburg sobre a queda do avião?! Ela não sabia! Estava dando aulas numa universidade. Aí ela sumiu do contato e só muito depois que consegui voltar a falar com ela. Entre eu e ela, estavam os pais dela, no Paraguai querendo notícias da filha e eu dando feedback.

    E o meu chefe… ficou horas sem dar noticias, ele estava justamente em horario similar, em voo da UA, em percurso tambem similar ao que atingiu o Pentagono. Que susto, não?!

    Beijos

  • Olá, Iúri!

    Você tem razão: todos conseguimos nos lembrar perfeitamente do que fazíamos naquele fatídico dia.

    Lembro-me bem de onde eu estava: eu já trabalha na mesma empresa em que estou hoje, mas que na época localizava-se em outro prédio. Acompanhamos atônitos as notícias pela internet e muitas delas eram desencontradas. Mesmo nos grandes veículos, como o UOL, noticiou-se inicialmente que era um avião de pequeno porte que havia se chocado contra a primeira torre. Também houve diversas notícias falsas de atentados por todo o país – incluindo um choque contra o Capitólio, que nunca chegou a acontecer.

    Se para nós, tão longe, já foi um dia tenebroso, imagino então para quem viveu tudo isso de perto!

    Um abraço!

  • aguia real disse:

    eu lhe digo no meu blog algaazul.blogspot.com

  • Assistindo meus desenhos. Ainda era um adolescente. O que impressionava era a grandeza daquele prédio caindo. Não entendia que ali dentro havia 3 mil pessoa e que pelo menos 10% dessas voou para morte pulando do prédio. Hoje, a unica coisa que vem a mente é repudio pelo canalhas que fizeram essa barbaridade.
    My recent post Piloto ofende comissários gays

  • Muitos como eu, não recordam o que fazia no momento do fato, pois, ainda eramos jovens demais para imaginar a dimensão da tragédia. Mas essa cena ira chocar por muito tempo o mundo inteiro.

  • Aline Pacheco disse:

    Oi Iuri! Tudo bem?
    Esata de layout novo!!! Ficou bem legal!!!
    Bem, no dia do acidente eu estava em casa com minha mãe e lembro até hoje da angústia de ver aqueles aviões se chocando com as torres!. Foi aterrorizante… nem gosto dde lembrar!
    Beijos

  • Datas terríveis como esta insistem em não sair de nossas mentes. Dias melhores e de paz virão.

  • buy disse:

    Enjoyed examining this, very good stuff, thankyou. Talk sense to a fool and he calls you foolish. by Euripides.

  • Verdade… a gente lembra dos pequenos detalhes. Eu fiquei sabendo do ataque quando estava caminhando na rua, indo para o médico, e vi um grupo de pessoas a frente da farmácia todos aterrorizados assistindo o noticiário. O dia tornou-se nebuloso, as pessoas assustadas…

    O acidente do Sena também me marcou, lembro bem do domingo!

Deixe uma resposta

CommentLuv badge

  • RSS
  • Twitter