Carnaval: A Festa dos Exageros

Eu gosto muito de todas os feriados que envolvem alguma comemoração: Semana Santa, onde reunimos a família para comermos uma boa torta de bacalhau; Natal, onde o clima de fraternidade reina; Ano Novo, onde o ânimo se renova com a chegada do novo ano.

Porém, uma das comemorações que me chateiam é o carnaval (é claro, continuo gostando da folga relacionada a essa data), simplesmente porque…

O carnaval é a festa dos exageros!

Parece um pouco exagerado o que falei, mas vamos verificar que os exageros ocorrem. Bem, podemos citar:

  1. Exagero no consumo de álcool: é fato que todo feriado para muitos é sinônimo de churrasco e bebedeira, mas no carnaval isso se torna muito mais evidente. A toda hora são exibidas reportagens mostrando gente caída na rua, dormindo em praias, etc., por ter feito uso exagerado de bebidas alcoólicas. Será que isso é realmente necessário? Será que as pessoas que bebem não conseguem fazê-lo com moderação?
  2. Exagero nas imprudências e acidentes no trânsito: muitos brasileiros por si só, mesmo sóbrios, são imprudentes no trânsito. Porém, essa imprudência aumenta muito com a chegada do carnaval (devido ao exagero no consumo de álcool). Não é raro ver acidentes devido a motoristas alcoolizados. Você se lembra de algum carnaval em que o número de acidentes com relação ao ano anterior reduziu, ou tal número foi próximo a zero? Espere só para ver as estatísticas apresentadas no final das operações de carnaval da polícia rodoviária que você comprovará isso.
  3. Exagero na violência: roubos de abadás, assalto a turistas, a casas vazias, etc. Tudo isso é quase que rotina em carnavais. É claro que isso não é responsabilidade dos foliões (como são os itens 1 e 2), mas também é uma forte consequência dessa festa.
  4. Exagero na falta de educação: Se você foi à praia nesse (ou em algum) carnaval, ou mesmo está em casa mas tem um vizinho que gosta de carnaval, já deve saber todo o hino da escola preferida dele; ou então já deve saber todas as letras de pagode, axé e funk da moda. Uma coisa que realmente não entendo é porque essas pessoas acham que eu tenho que ouvir o que elas gostam, colocando o som delas no volume máximo. O grande problema não são os ritmos escutados, mas sim o volume! Não poderia deixar de citar os mal-educados que fazem suas necessidades nas ruas, como pode ser visto no vídeo no final do post (infelizmente ele não aparece nos feeds por e-mail) – indicação da amiga Joicinha via Twitter:

As pessoas esquecem que podem comemorar qualquer festa sempre com bom senso. Beber pode, pular carnaval pode, se vestir de mulher pode (tô fora!). Mas o que não pode é sair agindo como um sem noção!

Esses são somente alguns exemplos dos exageros que acontecem nessa festa. E você, o quê acha da postura adotada por pessoas que agem desse modo?

 

27 Comments

  • Joicinha disse:

    Olá Iuri

    Acho lamentável esse tipo de atitude, ainda mais na época em que estamos vivendo, informação é o que não falta. E vemos essas barbaridades de marmanjos velhos, achando que podem fazer o que quiser.
    Muito triste observar a mentalidade humana, envolta da luxúria, consumismo e a irresponsabilidade sentimental.

    Belo post

    bjs
    Joicinha

  • Iúri disse:

    Olá Joicinha,

    É isso mesmo o que você falou… Essa festa poderia ser bem mais bacana se não houvesse tantos irresponsáveis.

    Há tempos pensava em escrever sobre o carnaval, e quando vi o vídeo que você retuitou, pronto! risos. Ajudou bastante a desenvolver o texto.

    Obrigado pela participação.
    Beijos.

  • Raquel disse:

    Noás, mas isso é nojento demais!!!! E isso aí é só no carnaval, se a gente for pensar em todos os dias, acaba desistindo de viver nesse país! A central do brasil, aqui no Rio, o cheiro é tão insuportável, que vc vê uma porção de gente passando correndo porque não aguenta… Nojento, nojento, nojento..
    My recent post “Web be toes come free hall lit toes”

  • Luísa disse:

    Olá Iuri,

    Infelizmente esta época é pautada por todo o tipo de excessos. Mas o mais triste é que se analisarmos bem é assim todo o ano.

    Grande abraço
    Luísa
    My recent post O Nevoeiro

  • Tony Pasquel disse:

    Excelente post. Nada mais o que acrescentar. Parabéns.

  • Sr. Funcional disse:

    Acho q já virou uma coisa cultural… Parece q o povo nao consegue ver carnaval sem muita bebida e exageros…
    My recent post Keane – Hopes And Fears

  • Iúri disse:

    Oi Raquel,

    Que bom que voltou ao blog :D

    Sem dúvida isso é muito nojento, sabemos que acontece todos os dias em vários lugares, mas fica muito mais "descarado" no carnaval. Esse é só um dos exemplos de falta de bom senso, infelizmente.

    Beijos.

  • Iúri disse:

    Olá Luísa,

    É verdade mesmo, durante todo o ano acontece coisas do gênero. O pior é que a televisão geralmente só mostra o lado bonito, fiquei até surpreso por ter sido exibida uma matéria do gênero.

    Grande abraço!

  • Iúri disse:

    Olá Tony,

    Que bom que gostou do post, obrigado!

    Grande abraço.

  • Iúri disse:

    Mas é isso mesmo grande Sr. Funcional, infelizmente esse período é cheio de excessos. Parece que muitos não sabem se divertir se não encherem a cara e fizerem besteiras.

    Abraços.

  • O Ruminante disse:

    Vai parecer estranho devido minha fama, mas o carnaval para mim é tempo de me afastar, descansar e tentar esquecer o mundo afora. Já curti muito, mas hoje em dia eu prefiro a paz da minha família.

    Abraços

  • Iúri disse:

    Grande Ruminante,

    Fama, mas que fama? kkkkkkkkkkkk.
    Brincadeiras a parte, também prefiro pensar que o carnaval é um tempo de descanso. Utilizo bem esse tempo para descansar porque depois do carnaval é que vem "as pedreiras" no trabalho.

    Abraços.

  • Sissym disse:

    Iuri, vendo neste sentido eu tenho realmente que concordar com vc. No meu post no Masquerade eu mencionei o que li no Jornal de 2a.f.. Só coisa negativa. Na 6a.f pp eu vi, às 18:00h um bando de jovens pelas ruas já tomando vodkas e similares. Não gosto dessas coisas. Confesso que durante a banda de hoje eu tinha medo. Só que talvez por estar "em casa" fiquei ligeiramente mais descontraída.

    Bjs

  • Iúri disse:

    Na verdade, ao ler seu post e o meu, temos que concordar que depende muito do ponto de vista, ou do que se viveu do carnaval.

    Aqui no estado quando se vê o jornal local é de dar medo o tanto de coisas desagradáveis que acontecem nesse período. Vi também seu post no Masquerade relatando as coisas desagradáveis (a briga do casal no carnaval).

    Fico muito feliz que, apesar de tudo, você se divertiu muito!
    Beijos.

  • João Ricardo disse:

    Iuri, é uma tristeza ver isso, os valores de muitos tem sido esse tipo de diversão, e os valores corretos, vão ficando para trás, é gasto milhares e milhares em propaganda de prevenção disso e daquilo e vem nessa epoca, vai tudo por agua abaixo, é muito triste, abraço
    My recent post Abastecer o carro, os cuidados que devem ser tomados

  • JesterCap disse:

    É igual em todo lado, tem gente que não se sabe comportar! O que se pode fazer…
    My recent post Perseguir tráfego social, é uma Perda de Tempo?

  • Iúri disse:

    Olá João,

    Realmente é uma tristeza ver certas atitudes do ser humano. O que deveriam ensinar (ou pelo menos tentar) é que se pode curtir qualquer festa, desde que se tenha bom senso. O pior é que muitos vivem a ideologia de "viver a vida ao máximo", porém sem um mínimo de responsabilidade.

    Abraços.

  • Iúri disse:

    Olá Jester,

    Isso é bem visível no Brasil, mas sem dúvida ocorre em muitos lugares do mundo. O que eu tento fazer é "evitar a fadiga", evitando certos locais onde se encontram as concentrações das bagunças.

    Abraço.

  • Sandra disse:

    Olá Iúri!
    Esqueceu de citar o exagero de prostituição. Isso eu acho uma vergonha, é mulher pelada pra todo lado, um agarra-agarra, uma pouca vergonha. Acho um absurdo, depois aparecem grávidas, cheias de doenças, nojento.
    De todos os feriados esse é de fato o pior, a "festa da carne", ou seja, do corpo, uma vergonha ao nosso país. Os turistas vem para cá para se aproveitarem das prostitutas e outras mulheres fáceis. O Brasil tem fama lá fora por isso. É uma vergonha, não me orgulho nenhum pouco disso. As estradas nem se fale, é o feriado que mais acontece acidentes, justamente pelo exagero de álcool como você citou. Todos ficam malucos e correm feitos doidos. A falta de respeito então nem se fala. Som alto é sim um desrespeito com o próximo, e se for funk então já é ofensa. Fico imaginando como essas pessoas podem ser tão mal educadas. E não é só isso, depois da festa sobram cidades imundas, alagadas de urina, o cheiro é insuportável, e a prefeitura? Ah, essa só vai limpar tudo na semana que vem… É, mais uma vez, uma vergonha… Fazer o que? Eu me tranco em casa e só saio em caso de extrema necessidade, apesar que na segunda feira tive que sair e achei um absurdo: todas as lojas da cidade de curitiba fechadas, e segunda não é feriado!!! Aliás, nem a terça de carnaval é!!! Vão trabalhar!! Tá loco!!! Que vergonha, vergonha é pouco….
    Parabéns pelo post! Um abraço!

  • Iúri disse:

    Olá Sandra,

    Obrigado pelo ótimo complemento ao post!

    Sem dúvida esse é um dos piores pontos dessa festa, e não tem nem como dizer que a visão dos gringos é diferente. Ano passado viagem para Portugal a trabalho, e no vôo de retorno passou um vídeo no avião falando do Brasil, que é a terra do carnaval, mostrou várias mulheres sambando, etc. Será que os gringos só veem o Brasil dessa forma?

    Concordo contigo em gênero, número e grau, e acho que essa bagunça toda que gera em torno do carnaval é mais para tirar o foco dos problemas da população, tipo a política do pão e circo.

    E infelizmente sobre todos os comportamentos listados, é assim em todo o Brasil: a falta de higiene, a prostituição, música alta, falta de educação, embriaguez generalizada, acidentes de trânsito, etc. Que bela festa não? :)

    Grande abraço!

  • O Ruminante disse:

    Fama de cachaceiro ahahahahaha

  • Iúri disse:

    Você nunca mais disse se estava tomando um mé quando fazia um post. Lembre-se que essa fama foi você mesmo que fez :D

    Abraços.

  • Sr. Funcional disse:

    E eu nem consegui sair no carnaval… :(
    My recent post Keane – Hopes And Fears

  • Iúri disse:

    Eu vi no seu blog que a Mariazinha não estava bem. Espero que ela se recupere rápido.

    Abraços.

  • Márcia Can&ec disse:

    Oi querido Iúri , sim sempre gostei do Carnaval, mas a um bom tempo tenho me mantido afastada das farras dessa época. O pessoal passou a se exceder muito, aqui em minha cidade mal cheguei de viajem fiquei sabendo de vários assassinatos, um deles durante uma banda tradicional daqui. Fora as toneladas de lixo que são uma tristeza de se deparar.
    Excelente post.
    Beijos no coração.
    Márcia Canêdo

  • Iúri disse:

    Olá querida Márcia,

    Há um tempinho que não te via no meu blog, que bom que voltou.

    Infelizmente é isso mesmo o que vem ocorrendo: muitos excessos. Não sou contra o carnaval em si, mas sou contra da forma com a qual ele vem ocorrendo. Seu comentário vem a confirmar isso, o que é um tristeza. Vamos esperar pela conscientização da população, para que essa festa seja mais felicidade e menos problemas.

    Beijos.

  • The carnival is the cause of many adventures. Some of them have quite negative consequences. However, each of us likes this event.

Deixe uma resposta

CommentLuv badge

  • RSS
  • Twitter