Você Costuma se Atrasar para Compromissos?

Os ingleses são mundialmente conhecidos pela pontualidade em tudo o que fazem, e não é a toa que o maior cartão postal da Inglaterra é o relógio Big Ben.

Várias vezes percebi que tal costume, infelizmente, não é cultivado por vários brasileiros. Pode-se ver isso, principalmente, em época de vestibular, pois sempre há vários candidatos que chegam atrasados (às vezes por questão de minutos) nos locais de prova; porém, face ao rigor quanto à entrada aos locais de prova, tais candidatos ficam de fora.

É claro que nessa, e em outras situações, há alguns fatores que não temos controle: trânsito, quebra do meio de transporte, etc. Mas muitos chegam atrasados não por causa dos imprevistos, mas porque deixam para sair para o compromisso em cima da hora.

Você Costuma se Atrasar para Compromissos? Mas esse mal costume não está restrito aos estudantes, ou ao trabalhador comum: esse atraso é visto com freqüência também no meio corporativo. É comum muitos chefes chegarem atrasados com a desculpa de estarem muito atarefados.

Agora, será que somente eles estão atarefados? E as pessoas que chegaram no horário? Será que elas não tinham tanta coisa assim para fazer? Acredito que não – na verdade, as pessoas que chegam no horário o fazem como forma de respeito a todos os participantes da reunião.

Mas por que esse atraso generalizado?

Possivelmente se deve a:

  • Pessoas que estimam de forma errada o tempo entre o local que estão e onde devem chegar, de modo que qualquer atraso nesse percurso atrasará a chegada ao compromisso.
  • Pessoas que utilizam a chamada “tolerância” como horário do início do compromisso, o que é extremamente errado! Quando alguém dá uma tolerância, é para cobrir uma eventualidade, mas não deve ser utilizada de forma costumeira.
  • Pessoas que deixam para sair para o compromisso no horário do início desse: é claro que, se uma reunião está marcada para as 14 horas, e a pessoa sai da sala às 14 horas, certamente ela chegará depois do horário.
  • Pessoas desligadas, que não dão a mínima para horário e nem tem “compromisso” com as outras. Esse tipo de pessoa, infelizmente, existe demais em todos os ambientes e grupos sociais.
  • As pessoas que já chegaram ao compromisso esperam demais as pessoas atrasadas: se uma reunião começasse no horário, as pessoas que chegaram depois perceberiam o quão ruim é chegar atrasado e não ter comprometimento com o horário. Isso mexe com o psicológico da pessoa. Assim, ficando de fora uma vez (pelo menos do início da reunião), na próxima reunião com certeza essa pessoa antecipará sua ida, de modo a não cometer o mesmo deslize.

No texto intitulado Você Sabe Escutar as Pessoas? sugeri que fosse feito um teste. Farei isso novamente, num novo contexto.

Quando for a uma reunião (é claro que, depois que leu esse texto, você chegará no horário), observe com atenção o horário de chegada de cada pessoa. Você verá que muitos – se não for a maioria – se atrasarão, e entrarão na reunião se desculpando por algum motivo.

E o que fazer para não se atrasar?

Apesar da resposta parecer simples, às vezes acontecem eventos que não estão sob o nosso controle (o telefone tocar, alguma emergência ocorrer, etc.). Mas, no que depender de você, pode ser feito:

  • Saia antecipadamente para um compromisso, vivendo a política “prefiro chegar 10 minutos antes, do que 5 minutos depois”. Sem dúvida você perceberá que essa diferença mínima entre chegar antes e depois do início de um compromisso faz toda a diferença, principalmente numa reunião de negócios.
  • Não utilize “tolerâncias” para justificar seu atraso – é claro que um atraso pode ocorrer, mas não deixe que ele ocorra com freqüência.
  • Quando perceber que o atraso é iminente, informe sobre seu atraso, pois é muito desagradável fazer um grupo de pessoas tão atarefadas quanto você esperarem. Além disso, com certeza você terá um celular em mãos para fazer uma ligação.
  • Planeje melhor a saída para os eventos: se você marcou um encontro de negócios em outra cidade, mas nunca foi até lá, procure saber com alguém que já foi o tempo médio gasto, e não deixe para sair em cima da hora. Se você já conhece o caminho, é mais um motivo para não se atrasar.

E, principalmente, lembre-se que cumprir com o horário dos compromissos é uma questão de respeito para com todos presentes na reunião.

1 Comment

Deixe uma resposta

CommentLuv badge

  • RSS
  • Twitter